Buscar
  • Malamanhadas

Teaser: Justiça Reprodutiva para Mães-Mulheres com Deficiência

Atualizado: 6 de jun.

Teaser da Série Justiça Reprodutiva publicado em 01/06/2022


Na imagem, de forma destacada no centro, uma mãe está amamentando seu filho bebê nos braços. Ela é uma mulher negra em um tom marrom que se assemelha ao barro, com uma criança também negra de pele um pouco mais clara em seu colo. Ela possui um cabelo black power preto, veste um blusão verde musgo, uma calça clara em um tom branco quase bege acinzentado e está calçando um sapato amarelo. O recém-nascido veste um macacãozinho na mesma cor clara da calça da mãe. Ela segura o filho sentada em uma cadeira de rodas de estofado azul, com rodas cinza escuro. Ao fundo da mãe e do filho, tem uma figura geométrica na cor laranja que faz referência ao sol, preenchendo toda a parte em que a mãe e o filho estão, dando destaque a eles. O fundo da imagem é bege. A imagem toda apresenta uma textura de papel amassado, além de vários pontinhos espalhados de luz na cor branca.
Capa do Teaser - Série Justiça Reprodutiva | A imagem contém texto alternativo


Confira o episódio em nas plataformas de áudio: Deezer | Spotify | Google Podcast | Stitcher

Confira a tradução do episódio em libras: Canal Malamanhadas Podcast


Confira o roteiro na íntegra:


INÍCIO DO EPISÓDIO


VINHETA DO MALAMANHADAS PODCAST


SOM AMBIENTE DE FITA CASSETE


VINHETA DA SÉRIE JUSTIÇA REPRODUTIVA


ÁUDIO ÂNGELA TEIXEIRA:

Ser mãe hoje, pra mim, foi uma mudança muito grande na minha vida, um passo, e a minha deficiência, hoje eu vejo que a minha deficiência não, não atrapalha em nada, hoje falo por experiência própria, eu me sinto uma grande mãe, uma grande mulher.


ÁUDIO MARA ANDRADE:

Eu não fui criada por mãe assim, então eu não tinha essa essa visão de mãe, de um ser supremo e aquela coisa toda romantizada. Não queria ter filhos, inicialmente. O desejo pela maternidade foi nascendo aos poucos.


ÁUDIO ÂNGELA TEIXEIRA:

Tinham pessoas que iam lá ver pra crer, se aquilo era verdade mesmo, sabe, se era verdade mesmo que eu tinha tido um filho. Sabe, aquela coisa, as pessoas iam lá só para ver para crê, sabe, não acreditavam que eu como uma pessoa com deficiência, como eu pude ter que fazer aquele filho, ter aquele filho? Então, às vezes isso me fazia sentir mal.


VINHETA DA SÉRIE JUSTIÇA REPRODUTIVA


LOCUÇÃO JADE:

O Malamanhadas Podcast está de volta com uma série especial sobre justiça reprodutiva. O foco será a discussão da garantia dos direitos sexuais e reprodutivos para mulheres com deficiência.


LOCUÇÃO ALDENORA:

Serão quatro episódios em que iremos acompanhar a vida de mulheres com deficiência que vivem em São Paulo, Pernambuco, Piauí e Pará e que possuem um ponto em comum: são mães. Durante todo o mês de junho, elas vão compartilhar aqui no Malamanhadas, as vivências na maternidade e experiências sobre sexualidade, aborto e violência obstétrica, além da luta pelo exercício dos direitos reprodutivos para mulheres com deficiência, a partir das próprias histórias.


LOCUÇÃO JADE:

Eu, Jade Araújo.


LOCUÇÃO ALDENORA:

E eu, Aldenora Cavalcante. Estaremos com você nesta experiência proporcionada pela parceria com o Selo Futuro do Cuidado e a Campanha Nem Presa, Nem Morta.


VINHETA DA SÉRIE JUSTIÇA REPRODUTIVA


ÁUDIO MÁRCIA GORI:

E, cê vai falar assim: Você é a favor do aborto? Sou a favor de ter políticas públicas para as mulheres que escolhem fazer aborto. É bem diferente de ser a favor do aborto. É isso que não é explicado!


ÁUDIO SAYAKA FUKUSHIMA:

Quando a gente vai falar de direitos sexuais e reprodutivos, hoje eu levanto essa bandeira. Tem que se legalizar mesmo, porque a clandestinidade mata muitas mulheres. E outras, quando não mata, deixa sequelas.


ÁUDIO MARA ANDRADE:

Às vezes a gente pensa em violência só como uma questão física, né, mas a violência ela pode vir de diversas maneiras, inclusive às vezes até de maneira tão sutil, que se confunde com cuidado.


VINHETA DA SÉRIE JUSTIÇA REPRODUTIVA


LOCUÇÃO JADE:

Fiquem ligados! A partir da próxima segunda-feira, 6 de junho, você vai acompanhar a nossa série sobre justiça reprodutiva para mulheres com deficiência. Aproveite e assine o nosso feed porque os episódios vão sair todas as segundas-feiras deste mês. Então, anota aí as datas: seis, treze, vinte e vinte e sete de junho. Esperamos você!


LOCUÇÃO ALDENORA:

Ah! E além dos canais de stream de áudio, que vocês estão acostumados a nos acompanhar, teremos a transcrição dos episódios completos no nosso site: www.malamanhadas.com e também os episódios com a audiodescrição e tradução em libras no Youtube. Nosso canal é o Malamanhadas Podcast. Sigam lá!


LOCUÇÃO JADE:

Fiquem atentos as nossas redes sociais: @malamanhadas no Twitter e no Instagram.


VINHETA DA SÉRIE JUSTIÇA REPRODUTIVA


FIM DO EPISÓDIO

0 comentário