Buscar
  • Equipe Malamanhadas

Singularidade das pequenas mudanças coloridas

Na infância, colecionei sonhos, entre ser dançarina e uma grande empresária, professora e secretária administrativa, em ser médica veterinária e modelo, entre ser a Ranger Amarela* e a Tempestade** .

Cultivei, em uma gaveta qualquer da memória, uma vontade boba de pintar os cabelos na cor azul. Ria de mim mesma e muita gente também. Entre tantas cores da moda- loiros, ruivos, platinados- eu queria ter o cabelo com uma cor que me desse vontade de alcançar o céu, voar entre as nuvens, bater asas pelo infinito, alegrar a alma e as pessoas em volta, tal qual o dito popular em que o passarinho verde deixa as pessoas mais felizes***.

Refletindo um pouco mais, lembrei que adorava assistir desenhos em que personagens possuíam características diferentes do comum para a nossa cultura, bem natural lá no Oriente, em contraponto, aos delicados filmes de princesas e contos de fadas.

Compreendi que, além de sonhadora, sempre batalhei muito para alcançar meus objetivos e talvez essa vontade tenha surgido daí: guerreiros possuem cabelos coloridos, seres sobrenaturais possuem o dom da transformação e ambos superam qualquer desafio!

Não me tornei bailarina, médica, empresária, modelo, tampouco personagem dos desenhos, mas me descobri escritora, onde posso ir além de qualquer rótulo ou profissão e, definitivamente, posso ser princesa, fada, sereia, bailarina ou guerreira no mesmo frágil- corpo- forte.

Hoje, tenho o cabelo azul ( com dégradé verde) e uma paixão incontrolável pelas pequenas evoluções que causo ao meu redor, mas principalmente com aquelas que ocorrem do lado de dentro, afinal meu lado menina, de vez em quando, comanda meu lado mulher, mas os dois juntos fazem parte dessa revolução interna que tira meus passos do chão e faz o universo soprar a favor das minhas realizações.

Ainda bem que desde cedo aprendi que sonhos podem ser remodelados e a vida se transforma a cada vez que a gente sonha ou apenas pinta cabelo. Então, qual será a cor que move seus sonhos?


*Ranger Amarela do seriado Mighty Morphin Power Rangers;

**Tempestade é uma personagem fictícia de história em quadrinhos do Universo Marvel Comics, alter-ego de Ororo Monroe, membro dos X-Men, capaz de controlar o clima e a atmosfera.

*** A expressão "viu passarinho verde" é empregada para aqueles que, demonstram alegria. O verde é a cor da esperança e da paz. De acordo com o folclorista Luís da Câmara Cascudo, no livro Locuções Tradicionais no Brasil, a tal ave era o periquito, muito usado para levar no bico mensagens trocadas por casais.



0 visualização