Buscar
  • Malamanhadas Podcast

Mulheres, ilustradoras e nordestinas

Sempre gostei de acompanhar o trabalho de ilustradores através do Instagram, mas há algum tempo notei que a maior parte dos artistas que seguia tinham características em comum: mulheres, nordestinas. Por isso, minha intenção hoje é indicar e compartilhar o trabalho (incrível) que essas mulheres realizam e que vai muito além das ilustrações. Confesso, a minha intenção era trazer uma indicação de cada estado, mas preferi trazer as que eu já sigo e consumo o conteúdo por mais tempo.

Vou iniciar por uma conterrânea que tem um perfil fofíssimo: Laís Rosa. O diferencial da Laís é que ela é escritora, então além das personagens super fofas (e personalizadas), ela também tem textos e mensagens muito legais por lá.



Eu sou apaixonada nos desenhos super florais e positivos da Mari. Um diferencial dela é a mistura de fotos com ilustrações (daí o nome do @). Uma coisa que eu adoro no perfil dela é que ela sempre traz a avó, seja em ilustrações, vídeos e até nas publis gente (haha).



O que eu posso dizer aqui é: com certeza você já viu alguma arte da Gabs, ou já usou algum gif ou filtro no Instagram sem nem saber que era dela. A questão aqui é: Ela arrasa em tudo que faz e é a musa das cores pastéis. Ah, mais uma dica: Pra quem curte aprender mais sobre desenho, ela também tem canal no YouTube.



Acho que a Dessa é uma das primeiras ilustradoras que eu conheci, ela tem um estilo que se destaca dos demais, muito característico dela, principalmente os olhinhos dos personagens. Pra quem gosta de Harry Potter e Friends, vai achar muitos gifs geek por lá. Vale muito conferir.



De longe, a minha ilustradora FAVORITA. Porque a Mari é muito gente como a gente. Ela é daquelas que mostra os perrengues, reclama do calor, ama cuscuz e faz a gente se divertir até com as birras dos filhos dela. Vale muito a pena conferir e se apaixonar pela Mari, os 987 gatos dela, a rotina da família (linda) que ela tem e a paixão dela por Fresno (tô logo avisando, migas).



Conheci o trabalho da Aline recentemente, e numa situação irônica (risos). A Aline fez um post sobre machismo e o post polemizou porque choveu de jogadores de jogo de vídeo game atacando ela, ou seja, o post valeu, né?! O mais legal nas artes da Aline é que as personagens dela não seguem um padrão estético e ela traz muitas mensagens de empoderamento por lá.



Último recado: os direitos autorais são extremamente importantes, gente. Sempre que compartilhar uma arte no Instagram, marque a autora e nunca retire os créditos. Assim você também está ajudando essas mulheres maravilhosas a crescerem.



Texto escrito por Lara Silva.

33 visualizações
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone
  • Branco RSS Icon
  • Branca Ícone Spotify

© 2018 por Malamanhadas.

Somos um podcast independente que para continuar no ar, amplificando nossas vozes e levantando debates, precisamos da sua contribuição.